Notícias
 
 
eleições municipais 2012
 
 

04.11.2012 - 12:10:06 


Para muitos as eleições municipais em Brumado já terminaram, mas, para a Justiça Eleitoral, ainda existe muito trabalho para se fazer, já que são inúmeras denúncias de irregularidades e possíveis crimes eleitorais apresentadas à 90ª Zona Eleitoral, que também compreende os municípios de Aracatu e Malhada de Pedras.
No município de Aracatu existem denúncias de abuso do poder político e econômico e até de um número considerável de votos de pessoas mortas, o que poderá fazer com que a justiça venha a tomar providências enérgicas e punir, caso haja a comprovação, todos os culpados.
Em Malhada de Pedras a situação é mais tranquila, mas existem denúncias também que estão sendo devidamente apuradas.
Agora, em Brumado, o número de denúncias é altíssimo e veio aumentar ainda mais nos últimos dias, quando pessoas insatisfeitas, muitas dos quais foram sumariamente desligadas da Administração Municipal sem maiores explicações, procuraram vereadores da oposição para apresentar denúncias de abuso de poder político ao Ministério Público Eleitoral de Brumado, que também tem sido rigorosíssimo na análise das denúncias apresentadas, as quais são encaminhadas para a Justiça Eleitoral para o veredicto final.
Ontem, segundo informações colhidas nos bastidores, o juiz eleitoral Dr. Genivaldo Guimarães, que fez e vem fazendo um trabalho magnífico e digno de todos os aplausos, que moralizou as eleições em Brumado, trabalhou incansavelmente o dia inteiro, analisando de forma minuciosa todo o calhamaço de denúncias sobre possíveis irregularidades e crimes eleitorais que foram apresentadas durante e após as eleições de Brumado em 2012.
A compra de votos e o abuso do poder econômico podem realmente fazer com que a não diplomação de alguns candidatos eleitos possa realmente vir a acontecer, pois os mesmos teriam se utilizado de vários artifícios como doação de material de construção, serviços de retroescavadeira, doação de carteiras de motorista, tráfico de influência, abuso do poder político, contratação irregular de funcionários e pagamento de serviços de boca de urna, - que são expressamente proibidos e, ao que tudo indica, aconteceram em alguns locais do município -, além da própria compra literal de votos, onde o dinheiro foi entregue a troco do voto, sendo que em alguns locais do meio rural, os moradores fizeram até leilão, ao melhor estilo “quem dá mais” vendendo de forma descarada o seu direito democrático de escolher os seus governantes.
Ainda segundo as informações passadas ao 97NEWS, o juiz eleitoral Dr. Genivaldo Guimarães entrou às 07 horas da manhã no seu gabinete no Fórum Duarte Muniz e só saiu às 19 horas, em pleno sábado de feriadão, o que demonstraria que ele está extremamente empenhado na apuração de todas as possíveis irregularidades.
Então, com tudo isso está se criando uma atmosfera de imensa expectativa, sendo que os indícios são de que a Justiça Eleitoral de Brumado punirá de forma implacável aqueles que praticaram o crime eleitoral.

 
 
 
 
 
Fonte: Daniel Simurro
Voltar Pagina Anterior Voltar